4 livros da série Vaga-Lume que poderiam virar filme (assim como Escaravelho do Diabo)

A série Vaga-Lume marcou tanto a minha infância quanto a de milhares de brasileiros. Os livros lançados pela Editora Ática a partir de 1972 eram voltados para o público infanto-juvenil e contavam histórias incríveis, desde aventuras superdivertidas até dramas mais densos. Minha escola indicava os livros dessa coleção nas aulas de Português, mas eu sempre acabava lendo por prazer, mesmo. Eram sensacionais!

Atualmente, um dos livros mais famosos, “Escaravelho do Diabo”, da autora Lúcia Machado de Almeida, ganhou uma adaptação para o cinema. Ainda não assisti, mas estou muito curiosa! Pensando nisso, selecionei alguns livros da coleção Vaga-Lume que poderiam virar filmes sensacionais. Veja se você concorda comigo:

escaravelho do diabo

Cena do filme “Escaravelho do Diabo”

1 – Sozinha no Mundo – Marcos Rey

sozinha no mundo

Esse livro foi relançado em 2005, mas foi essa versão de 1984 que me encantou quando era criança. É um livro tão triste, mas ao mesmo tempo tão incrível! Na história, Pimpa, uma menina de 14 anos perde a mãe quando está se mudando de Serra Azul para São Paulo. Com a morte da mãe ela fica sozinha no mundo e, para aplacar a solidão, precisa encontrar com urgência seu tio Leonel, o único parente que lhe restou. Teria alguém interesse em ajudar a pobre menina? Maria Paula, a Pimpa, mesmo perseguida por uma falsa assistente social, vence as dificuldades de viver só em uma grande metrópole. O livro é uma história sensível sobre amizade, coragem e esperança. Façam já uma adaptação para o cinema!

2 – A Ilha Perdida – Maria José Dupré

a ilha perdida

Eu amaaava esse livro, cheguei a ler várias vezes! No livro, Eduardo e Henrique resolvem explorar uma misteriosa ilha e descobrir se as histórias que ouvem sobre o lugar são reais. Acabam se envolvendo em uma grande aventura em que um velho sábio ensina o respeito e o amor à natureza. Não tem como contar mais, mas o livro é daqueles que não dá vontade de parar. Com certeza renderia um filmaço!

LEIA TAMBÉM

O Lar das Crianças Peculiares: confira o trailer oficial legendado

Conto: A Última Pergunta (1956) – Isaac Asimov

3 – Um Cadáver Ouve Rádio – Marcos Rey

um cadáver ouve rádio

De novo o Marcos Rey! Esse autor era sensacional para escrever livros infanto-juvenis e era o que eu mais curtia na infância. Em Um Cadáver Ouve Rádio, encontramos uma trama de investigações e mistério (como não amar?). No livro, a história se passa em um prédio abandonado onde foi encontrado um cadáver, e ao seu lado, um rádio ligado. O delegado, Dr. Arruda, pede ajuda ao grupo de amigos Léo, Gina e Ângela, para investigar o caso. O corpo encontrado era de Boa Vida, um sanfoneiro, que se dava bem com todo mundo. Assim que começam as buscas pelo assassino, são descobertos vários suspeitos e acontecimentos surpreendentes.

4 – A Árvore que Dava Dinheiro – Domingos Pellegrini

árvore que dava dinheiro

Eu adorava esse livro também! Na história, os habitantes de Felicidade, município pequeno do interior do Brasil, vivem com invejável tranquilidade até o momento em que um velho avarento, antes de morrer, deixa uma herança inesperada: uma árvore que dá dinheiro. Isso cria uma euforia consumista que se espalha pela cidade quando essa árvore de flores extraordinárias é descoberta logo se transforma em um problemão. Imagina encontrar uma árvore dessas? Com certeza renderia um filme divertido e com uma bela lição de vida!

Poderia listar aqui uma infinidade de livros, mas gostaria de saber: qual livro marcou a infância de vocês? 🙂


Escrito por:

Isabela Zamboni



Comentários via Facebook

Comentários


Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *