Resenha: A Mansão Hollow – Agatha Christie

Mais um livro de Agatha Christie que me deixou pilhada! Aliás, qual livro da autora não empolga? Dificilmente alguma obra de Agatha não nos deixa querendo ler rapidinho e descobrir logo quem será o assassino da história. Em A Mansão Hollow isso não é diferente: terminei esse livro de quase 300 páginas em dois dias!

Resenha: A Mansão Hollow - Agatha Christie

Foto: Isabela Zamboni/Resenhas à La Carte

Fazendo um breve resumo do enredo, o detetive Hercule Poirot é convidado para um almoço na Mansão Hollow, onde membros da família Angkatell  e convidados se reúnem de vez em quando para um fim de semana tranquilo. Porém, ao chegar no local, o detetive se depara com um crime – o corpo de um homem agonizando na beira da piscina, uma mulher logo ao lado segurando um revólver, e ainda três testemunhas.

Leia também

Claro que, assim como todos os romances de Agatha, conhecemos pouco a pouco cada um dos personagens envolvidos no crime e, lentamente, fazemos nossas suposições de como o homicídio aconteceu, por quem, e o porquê. O mais interessante é conhecer a mente de cada um e tentar compreender os motivos pelos quais o criminoso queria eliminar a vítima. Como sempre, o personagem mais interessante é o próprio Poirot, com sua ironia e cinismo: pouco fala, mas sabe muito.

Resenha: A Mansão Hollow - Agatha Christie

Foto: Isabela Zamboni/Resenhas à La Carte

Porém, apesar de superdivertido, não é um dos melhores da autora. Adivinhei logo de início quem seria o culpado e o livro carece de “carisma”. Apesar de bom, faltou algo mais marcante para deixar a leitura mais atrativa. Se você não conhece o estilo da autora ou então busca algo arrebatador, não é o caso de A Mansão Hollow. É um bom passatempo, mas nada muito além disso. Três estrelinhas 🙂

Resenha: A Mansão Hollow - Agatha ChristieTítulo original: The Hollow
Autor: Agatha Christie
Editora: Nova Fronteira
Número de páginas: 256
Ano: 2014
Gênero: Romance Policial
NotaEstrelaEstrelaEstrelaestrela vaziaestrela vazia


Escrito por:

Isabela Zamboni



Comentários via Facebook

Comentários


Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *