Resenha: O Discurso Faça Boa Arte – Neil Gaiman

Se você está na faixa dos 20 e poucos anos e está meio perdido na vida; se você acha que trabalha demais e nunca alcança seus objetivos; se você não faz o que ama, mas se sente preso ao ‘ganhar dinheiro pra viver’; ou se você apenas não sabe o que fazer daqui pra frente: esse livro é para todos nós.

Resenha: O Discurso Faça Boa Arte - Neil Gaiman

Foto: Isabela Zamboni/Resenhas à La Carte

“Faça Boa Arte”, de Neil Gaiman, é uma transcrição do discurso que o autor fez em 2012 para a University of the Arts na Filadélfia. Com duração de 19 minutos, ele fala sobre arte, vida, carreira, jornada e aquilo que todos sempre pensamos em algum momento: “o que estou fazendo com minha vida???? O que devo fazer agora??”.

+ RESENHA: SANDMAN – PRELÚDIO 1 – NEIL GAIMAN E J. H. WILLIAMS III

É um discurso motivacional que nos faz repensar tudo aquilo que estamos fazendo. Neil fala sobre o fato de trabalharmos sempre para ganhar dinheiro e dificilmente fazendo o que sonhamos em fazer. Ele confessa que nunca fez faculdade, mas que sempre gostou de escrever e se tornou escritor – veja só – escrevendo.

+ RESENHA: O DIA DE CHU – NEIL GAIMAN E ADAM REX

Já chegou a mentir no currículo, viveu de freelance, recusou empregos bons porque sabia que não iria ser feliz e se esforçou até o fim para viver como sempre sonhou: sendo escritor. Ele também fala de sua jornada e dá alguns conselhos para as pessoas que, como eu, como você, estão em busca de algo “a mais”.

Resenha: O Discurso Faça Boa Arte - Neil Gaiman

Foto: Isabela Zamboni/Resenhas à La Carte

O conselho essencial do autor: “faça boa arte“. Não importa o que aconteceu na sua vida: foi criticado? Passou um perrengue? Está numa maré de azar? Faça boa arte. Esqueça a opinião alheia, esqueça as adversidades do caminho: empenhe-se naquilo que você ama, tire de dentro de você todos os sentimentos que estão presos e faça boa arte. Liberte-se das amarras!

+ CURTA: BEHIND THE TREES, DE AMANDA PALMER SOBRE NEIL GAIMAN

É triste ler esse livro e pensar em como ele está certo, mas como requer coragem para deixar de lado a vida cômoda e o salário fixo para se dedicar à uma paixão. Acho que, pra mim, seria um dos atos mais corajosos que alguém tomaria no mundo de hoje: perseguir o próprio sonho, independente dos obstáculos financeiros.

É possível assistir ao discurso completo no YouTube, mas ainda assim, o livro tem um diferencial: o projeto gráfico. Brincando com as palavras de Gaiman, o designer gráfico Chip Kidd transforma a obra em uma leitura diferente, criativa e, usando a metalinguagem, fazendo sua própria arte.

Resenha: O Discurso Faça Boa Arte - Neil Gaiman

Foto: Isabela Zamboni/Resenhas à La Carte

Então, se você quer levar um tapa na cara, leia este livro. Repense suas escolhas, pense na sua felicidade, tire de dentro de você as emoções e expresse-as de alguma forma.

Resenha: O Discurso Faça Boa Arte - Neil Gaiman

Título original: Make Good Art Speech
Autor: Neil Gaiman
Editora: Intrínseca
Número de páginas: 80
Ano: 2014
Gênero: Não-Ficção
NotaEstrelaEstrelaEstrelaEstrelaEstrela


2 Comentários
Escrito por:

Isabela Zamboni