Resenha: O Zen e a Arte da Escrita – Ray Bradbury

Já falei aqui no blog sobre alguns livros que servem como ajuda para escritores iniciantes. E o primeiro da lista foi este que vou resenhar agora: O Zen e a Arte da Escrita, de Ray Bradbury. É uma leitura prazerosa, leve e divertida, sem contar que também ajuda bastante os futuros escritores ou até mesmo quem deseja se expressar melhor.

Diferente do livro do Stephen King que comentei aqui, a obra de Bradbury é mais subjetiva. O livro é separado em pequenos ensaios que o autor escreveu ao longo da carreira, comentando sobre suas histórias, o processo criativo da escrita, dicas para quem deseja começar sua própria trajetória, entre outros relatos. É como se fosse um bate papo informal de Bradbury com nós, meros leitores. Digo isso porque o Bradbury é FODA e sabe escrever como ninguém (sou apaixonada por Fahrenheit 451).

Ele é tão simpático e dá dicas tão aproveitáveis em Zen e a Arte da Escrita, que dá vontade de pegar um bloquinho e sair anotando ideias. Ao contrário do livro do Stephen King, que oferece dicas bem mais diretas, Bradbury filosofa mais sobre a arte de contar histórias. Ele fala um pouco sobre sua infância, de como teve as ideias para seus livros, as dificuldades que passou no começo da carreira… E também fala de autores célebres que o influenciaram.

Para comprar o livro, só clicar no link abaixo:

Bradbury quer que seu leitor conheça coisas novas, explore novos mundos, saia da zona de conforto. Nos ensina a abrir a mente, tentar encontrar em nosso subconsciente, histórias inexploradas, prontas para nascer. O livro é curtinho, bem didático e funciona mais como um conselho de um amigo do que qualquer outra coisa.

Me encantei e quero logo ler mais livros dele! Próximo da lista: As Crônicas Marcianas.

LEIA TAMBÉM

Resenha: O Zen e a Arte da Escrita - Ray Bradbury

Título original: Zen in the Art of Writing: Essays on Creativity
Autor: Ray Bradbury
Editora: LeYa Brasil
Número de páginas: 168
Ano: 2011
Gênero: Biografia/Não-ficção
Nota: EstrelaEstrelaEstrelaEstrelaestrela vazia

Comentários via Facebook

2 Comentários

  1. jTon

    20 de junho de 2016 at 15:57

    De fato um excelente livro. Leitura muito deliciosa. Muitas dicas dicas em ensaios muito bem escritos. Fiz várias anotações. Então, daria um braço para escrever como esse cara.

    1. Isabela Zamboni

      20 de junho de 2016 at 22:49

      Com certeza! Ray Bradbury é demais! <3

Comentar