Listas

Séries britânicas inspiradas em clássicos da literatura

Eu sempre gostei MUITO de séries britânicas, principalmente as inspiradas em livros! A BBC e a ITV são emissoras campeãs de produzir programas de TV incríveis sobre obras literárias famosas. E não são apenas livros clássicos ingleses: existem adaptações de obras norte-americanas, francesas, entre outras nacionalidades. Mas as produções sempre trazem releituras ou uma nova nuance às histórias que amamos. Quer conhecer algumas? Então veja nossas dicas:

Dicas de séries britânicas inspiradas em livros clássicos

1 – Vanity Fair

Séries britânicas inspiradas em clássicos da literatura
Foto: Divulgação

A conhecida trama se passa na época das guerras napoleônicas, acompanhando a alpinista social Becky Sharp, que tenta sair da pobreza e entrar na alta sociedade inglesa. A história, baseada na obra de William Makepeace Thackeray, já foi adaptada inúmeras vezes, mas ganhou uma adaptação pela Amazon e o canal britânico ITV. Já assisti a temporada completa e posso dizer que é muito boa! Olivia Cooke no papel de Becky é sensacional. 

2 – Howards End

Howards End
Foto: Divulgação

Na virada do século XIX para o XX, lutas de classes e busca de meios para ascender socialmente são a realidade de muitas famílias da Inglaterra, como os intelectuais Schlegels, os ricos Wilcoxes e os Basts, da classe trabalhadora. É também neste cenário que começa a jornada de duas irmãs que lutam para conquistarem seu lugar na sociedade.

A série é uma produção da BBC inspirada na obra homônima de E.M. Forster. Vale muito a pena: são apenas quatro episódios com personagens surpreendentes, bem diferente das histórias com personagens femininas dependentes e romantizadas.

3 – Jane Eyre

Séries britânicas inspiradas em clássicos da literatura
Foto: Divulgação

Nesta versão do romance de Charlotte Brontë, Jane Eyre (Georgie Henley) é criada como uma parente pobre na casa de sua tia, Sra. Reed (Tara Fitzgerald). Quando jovem (Ruth Wilson), Jane é contratada pela governanta de Thornfield Hall, Mrs. Fairfax, para ser governanta da jovem Adèle (Cosima Littlewood). O proprietário da propriedade é o Sr. Rochester (Toby Stephens), que está cortejando a bela Blanche Ingram (Christina Cole).

Já existem várias adaptações da obra, mas a série de 2006 é da BBC, dividida em quatro episódios. 

4 – Great Expectations

Séries britânicas inspiradas em clássicos da literatura

Great Expectations é uma adaptação em três partes do romance homônimo de Charles Dickens, de 1861. A sinopse é bem simples: um humilde órfão de repente se torna um lorde com a ajuda de um benfeitor desconhecido.

O livro é riquíssimo, mas a adaptação da BBC de três episódios não faz jus ao original. Porém, é um bom entretenimento!

Para comprar o livro e se arrepiar com a narrativa de Dickens, é só clicar neste link.

5 – War and Peace

Guerra e paz
Foto: Divulgação

Pierre (Paul Dano) é um jovem idealista e gentil, filho bastardo do homem mais rico da Rússia, que quer mudar o mundo para melhor. Natasha (Lily James) é espirituosa e procura o amor verdadeiro. Andrei (James Norton) é charmoso e busca um propósito maior na vida, pois está farto da superficialidade da sociedade. Quando eles se conhecem, em 1805, os exércitos de Napoleão se aproximam da fronteira da Rússia, e seus compatriotas se preparam para mudanças profundas em suas realidades.

Baseada na obra de Tolstói, essa adaptação da BCC é incrível! Impossível não se apaixonar por essa narrativa. A emissora britânica acertou em cheio! 🙂 

6 – Sherlock

Sherlock bbc
Foto: Divulgação

Baseada nos livros de Sir Arthur Conan Doyle, Sherlock conta as aventuras do detetive particular Sherlock Holmes (Benedict Cumberbatch) e seu fiel escudeiro, Dr. John Watson (Martin Freeman), na Inglaterra dos dias de hoje.

Cada episódio tem duração de 1h30, praticamente um filme! Mas as adaptações das histórias de Holmes são sensacionais, principalmente por causa dessa dupla de atores incríveis. Também é uma produção da BBC e conta com 4 temporadas.

Se quiser conhecer mais histórias de Sherlock Holmes, você pode comprar o box completo!

7 – Little Women

Série mulherzinhas
Foto: Divulgação

As meio-irmãs Jo, Meg, Beth e Amy se unem para sobreviver a uma conspiração que começa a tomar conta das distópicas ruas de Filadélfia e que pode ir muito além do que elas poderiam imagina – tudo isso enquanto tentam não matar umas às outras no processo.

Inspirada no clássico literário Little Women (Mulherzinhas, em português), lançado em 1868 e escrito por Louisa May Alcott. Mais uma adaptação da BBC que pode ser vista rapidamente: em apenas três episódios.

8 – Les Miserables

Série Les Miserables
Foto: Divulgação

Esse nem estreou ainda, mas pretende ser uma ótima adaptação da BBC. Apesar de a história ser do escritor francês Victor Hugo, a adaptação para a TV será na língua inglesa (assim como Guerra e Paz). 

Les Miserables é uma adaptação épica do romance clássico de Victor Hugo, em que um extraordinário elenco de personagens luta para sobreviver na França devastada pela guerra. Uma história de amor, injustiça, redenção e esperança. A estreia está prevista para 30 de dezembro de 2018 e contará com 6 episódios.

9 – And Then There Were None

And Then There Were None
Foto: Divulgação

Agatha Christie pode ser considerada um clássico? Pode sim! E o livro E Não Sobrou Nenhum ganhou uma adaptação para uma minissérie incrível, com o título And Then There Were None.

Em agosto de 1939, oito estranhos são convidados, de diversas formas, para Soldier Island, uma pequena ilha rochosa na costa de Devon. Isolados do continente, com seus anfitriões, Sr. e Sra. U.N. Owen, misteriosamente ausentes, cada um dos convidados é acusado de um crime terrível, assim como o casal de serventes. Quando duas pessoas morrem em circunstâncias estranhas na primeira noite, os acusados percebem que pode haver um assassino entre eles.

A minissérie é composta por três episódios.

10 – Little Dorrit

Little Dorrit
Foto: Divulgação

Já deu para notar que a BBC é mestra em transformar clássicos em séries. Essa adaptação da obra de Dickens (de novo!), foi exibida em 2008 e conta com 14 episódios.

Little Dorrit conta a história de Amy Dorrit, que passa seus dias ganhando dinheiro para a família e cuidando de seu pai orgulhoso, que é um prisioneiro em Londres. Amy e o mundo de sua família se transformam quando o filho de seu chefe, Arthur Clennam, retorna do exterior para resolver o misterioso legado de sua família e descobre que suas vidas estão interligadas.

11 – Emma

Emma série bbc
Foto: Divulgação

Emma é uma série britânica da BBC realizada em 2009, em 4 episódios. Tendo por base o romance homônimo de Jane Austen, a série foi estrelada por Romola Garai e Jonny Lee Miller, nos papéis de Emma e George Knightley.

Não é novidade que Jane Austen foi adaptada para a TV. Existem vários romances da autora que já foram sucesso de público, como Orgulho e Preconceito, por exemplo.

12 – Tess of the D’Urbervilles

Tess of the D'Urbervilles
Foto: Divulgação

Tess of the D’Urbervilles é uma adaptação de 4 horas da BBC para a televisão do livro de mesmo nome de Thomas Hardy. O roteiro é de David Nicholls, autor de Um Dia.

Conta a história de Tess Durbeyfield, uma garota do interior cuja família descobre que tem conexões nobres. Foi exibida em 2008 e olha quem está no elenco: Eddie Redmayne! Ainda não tive a oportunidade de assistir. E você, conhece? 

Existem muitas adaptações, mas selecionamos essas 12 que são as mais conhecidas – quase todas da BBC! E você, quais séries britânicas mais gosta? Conta pra gente nos comentários.


LEIA TAMBÉM

Resenha

Resenha: E Não Sobrou Nenhum – Agatha Christie

FOTO: Melissa Marques / Resenhas à la Carte

Comecei E não sobrou nenhum por indicação de amigos e blogueiros literários. Todas as resenhas que li até hoje sobre a obra sempre foram otimistas e categóricas: trata-se do melhor romance policial da Rainha do Crime! Talvez tenha iniciado a leitura com a expectativa altíssima. Não me desiludi, mas também não achei absolutamente genial – como achei Assassinato no Expresso do Oriente.

Vale lembrar que E não sobrou nenhum era, antigamente, conhecido como O caso dos dez negrinhos. Por questões óbvias para a atualidade, acharam melhor revisitar a obra. No começo, somos apresentados a dez personagens principais, e acompanhamos sua viagem de trem a Ilha do Soldado, a convite de um anfitrião bastante peculiar. Literalmente entramos na cabeça dessas pessoas: ouvimos seus desejos e pensamentos mais íntimos e sombrios.

Ao chegarem, uma série de eventos estranhos começam a acontecer: o anfitrião não dá às caras – ninguém nunca o viu pessoalmente -, a Ilha fica extremamente isolada e, durante a primeira noite na casam em um jantar, todos os convidados ouvem, através de um sistema de som, inúmeras acusações seríssimas sobre assassinatos que cada um teria cometido.

A partir daí, o caos se instaura.

Resenha: E não sobrou nenhum - Agatha Christie
FOTO: Melissa Marques / Resenhas à la Carte

Quer comprar E Não Sobrou Nenhum? É só clicar no link abaixo:

A Ilha também é repleta de simbolismos: chama-se Ilha do Soldado, cada quarto conta com um poema infantil sobre soldadinhos e, na mesa de jantar, dez estátuas de soldados encaram os convidados. Para piorar o clima, acontece a primeira morte. Cada uma delas, coincidentemente, ocorre exatamente como descrito no poema “E não sobrou nenhum”, que está presente em cada um dos quartos dos hóspedes.

Poema ‘E Não Sobrou Nenhum’

Dez soldadinhos saem para jantar, a fome os move;
Um deles se engasgou, e então sobraram nove.

Nove soldadinhos acordados até tarde, mas nenhum está afoito;
Um deles dormiu demais, e então sobraram oito.

Oito soldadinhos vão passear e comprar chiclete;
Um não quis mais voltar, e então sobraram sete.

Sete soldadinhos vão rachar lenha, mas eis;
Que um deles cortou-se ao meio, e então sobraram seis.

Seis soldadinhos com a colmeia, brincando com afinco;
A abelha pica um, e então sobraram cinco.

Cinco soldadinhos vão ao tribunal, ver julgar o fato;
Um ficou em apuros, e então sobraram quatro.

Quatro soldadinhos vão ao mar; um não teve vez;
Foi engolido pelo arenque defumado, e então sobraram três.

Três soldadinhos passeando no zoo, vendo leões e bois;
O urso abraçou um, e então sobraram dois.

Dois soldadinhos brincando ao sol, sem medo algum;
Um deles se queimou, e então sobrou só um.

Um soldadinho fica sozinho, só resta um;
Ele se enforcou,
E não sobrou nenhum.

Resenha: E não sobrou nenhum - Agatha Christie
FOTO: Melissa Marques / Resenhas à la Carte

Além disso, a cada morte, uma das estatuetas de soldado acaba sumindo. Quem estaria por trás disso tudo? Quem é o próximo a morrer? Eles conseguirão fugir da Ilha antes de todos serem mortos? E o mais importante: como todos os assassinatos foram planejados e executados?

Ao longo da história, é claro, você tenta responder essas e outras questões e, mais uma vez, acaba se surpreendendo com o fim da narrativa.

A BBC, inclusive, fez uma minissérie especial adaptando o livro para a tv. Confira um trecho de quando os convidados chegam na ilha:

Sensacional, né? Adorei e já quero assistir!

LEIA TAMBÉM

Capa do livro E não sobrou nenhum - Agatha Christie
Título original: And Then There Were None
Autora: Agatha Christie
Editora: Globo Livros
Número de páginas: 400
Ano: 2014
Gênero: Ficção/Policial
Nota: EstrelaEstrelaEstrelaEstrelaestrela vazia