As melhores frases e citações de Na Natureza Selvagem – Jon Krakauer

CONTEÚDO OFERECIDO POR wWw.PecasAuto24.pt

Frases e citações Na Natureza Selvagem

FOTO: Reprodução

Selecionei algumas frases do livro Na Natureza Selvagem. Elas nos ajudam a entender melhor a visão de Chris McCandless, tanto por suas próprias palavras, quanto pelas de Jon Krakauer e de seus entrevistados. Confira (em itálico as frases escritas pelo jovem):

Caminho agora para dentro da natureza selvagem. Alex. p.15

Tenho certeza absoluta de que não vou encontrar nada que não possa enfrentar sozinho. p.18

[…] Acho que parte do que complicou sua vida talvez tenha sido que ele pensava muito. Às vezes fazia força demais para entender o mundo, saber por que as pessoas eram más com as outras. Um par de vezes tentei lhe dizer que era um erro se aprofundar tanto naquele tipo de coisa, mas Alex empacava. Tinha sempre que saber a resposta certa e absoluta antes de passar para a próxima coisa. p. 30

Saindo de Atlanta para o oeste, pretendia inventar uma vida totalmente nova para si mesmo, na qual estaria livre para mergulhar na experiência crua, sem filtros. Para simbolizar o corte completo com sua vida anterior, adotou um nome novo. Não mais atenderia por Chris McCandless; era agora Alexander Supertramp, senhor de seu próprio destino. p. 34

[…] como adepto moderno de Henry David Thoreau, tinha por evangelho o ensaio “A desobediência civil” e considerava, portanto, sua responsabilidade moral zombar das leis do Estado. p. 39

[…] Chris era muito da teoria de que você não deve possuir mais do que pode carregar nas costas numa corrida repentina. p. 43

Frases e citações Na Natureza Selvagem

FOTO: Reprodução

[…] É nas experiências, nas lembranças, na grande e triunfante alegria de viver na mais ampla plenitude que o verdadeiro sentido é encontrado. Meu Deus, como é bom estar vivo! Obrigado. Obrigado. p. 48

[…] acho que você deveria realmente promover uma mudança radical em seu estilo de vida e começar a fazer corajosamente coisas em que talvez nunca tenha pensado, ou que fosse hesitante demais para tentar. Tanta gente vive em circunstâncias infelizes e, contudo, não toma a iniciativa de mudar sua situação porque está condicionada a uma vida de segurança, conformismo e conservadorismo, tudo isso que parece dar paz de espírito, mas na realidade nada é mais maléfico para o espírito aventureiro do homem que um futuro seguro. p. 67

[…] eu rezei. Pedi a Deus que ficasse de olho nele,  disse-lhe que aquele garoto era especial. Mas Ele deixou Alex morrer. Então, no dia 26 de dezembro, quando fiquei sabendo do que aconteceu, renunciei ao Senhor. Abandonei minha igreja e tornei-me ateu. Decidi que não podia acreditar num Deus que deixava uma coisa tão terrível acontecer a um menino como Alex. p. 71

Como não poucos daqueles seduzidos pela vida natural, McCandless parece ter sido impulsionado por um tipo de luxúria que superava o desejo sexual. Seu anseio, em certo sentido, era forte demais para ser saciado pelo contato humano. McCandless pode ter sido tentado pelo socorro oferecido pelas mulheres, mas isso empalidecia diante da perspectiva da rude comunhão com a natureza, com o próprio cosmo. E assim ele foi atraído para o Norte, ao Alasca. p. 77

 Se essa aventura se revelar fatal e nunca mais tiver notícias de mim, quero que saiba que você é um grande homem. Caminho agora para dentro da natureza selvagem. Alex. p. 79 e 80

McCandless considerava correr um exercício espiritual intenso, beirando a religião. p. 122

Frases e citações Na Natureza Selvagem

FOTO: Reprodução

Ele internalizava o desapontamento. Ia para algum lugar sozinho e se culpava. p. 122

Seu filho, o adolescente tolstoiano, acreditava que a riqueza era vergonhosa, corrupta, essencialmente má – o que é irônico, pois Chris era um capitalista de berço, com uma aptidão excepcional para ganhar dinheiro. p. 125

 […] Agora queria que nunca tivesse matado o alce. Uma das maiores tragédias da minha vida. p. 176

 McCandless veio para essa região com provisões insuficientes de propósito e não tinha certas peças de equipamento consideradas essenciais por muitos alasquianos: rifle de calibre maior, mapa, bússola e machado. p. 188

[…] McCandless foi longe demais na direção oposta. Tentou viver totalmente dos  frutos da terra – e tentou fazer isso sem se preocupar em dominar previamente todo o repertório de habilidades essenciais. p. 189

[…] como é difícil para nós, mergulhados nas preocupações rotineiras da vida adulta, relembrar quão vigorosamente fomos fustigados outrora pelas paixões e desejos da juventude. p. 193

Felicidade só real quando compartilhada. p. 197

Escrita em letras de forma meticulosas numa página arrancada de Taras Bulba, de Gogol, ela diz: ‘S.O.S. PRECISO DE AJUDA. ESTOU FERIDO, QUASE MORTO E FRACO DEMAIS PARA SAIR DAQUI. ESTOU SOZINHO, ISTO NÃO É PIADA. EM NOME DE DEUS, POR FAVOR FIQUE PARA ME SALVAR. ESTOU CATANDO FRUTAS POR PERTO E DEVO VOLTAR ESTA TARDE. OBRIGADO’. p. 205

[…] McCandless rabiscou um curto adeus: ‘TIVE UMA VIDA FELIZ E AGRADEÇO A DEUS. ADEUS E QUE DEUS ABENÇOE A TODOS!’. P. 206

Ficou interessado(a) no livro? É só clicar no link abaixo para comprar 🙂


2 Comentários
Escrito por:

Melissa Marques


20 frases de Harry Potter para matar a saudade da saga!

Em 2017 a história de Harry Potter e seu mundo de magia completa 20 anos de publicação. De lá para cá, muito coisa mudou: J. K. Rowling passou de autora iniciante e desconhecida para uma das mais respeitadas e relevantes da atualidade. A saga, que fez parte de uma geração, emociona ainda hoje crianças, jovens e adultos. Relembre alguns momentos marcantes, engraçados e tristes através de 20 frases:

1. “Afinal, para a mente bem estruturada, a morte é apenas a grande aventura seguinte”.

2. “Sempre chame as coisas pelo nome que têm. O medo de um nome aumenta o medo da coisa em si”.

3. “São as nossas escolhas, Harry, que revelam o que realmente somos, muito mais do que as nossas qualidades”.

20 frases de Harry Potter para matar a saudade da saga!

FOTO: Reprodução

4. “O Sr. Aluado apresenta seus cumprimentos ao Prof. Snape e pede que ele não meta seu nariz anormalmente grande no que não é de sua conta”.

5. “Amortecer a dor por algum tempo apenas a tornará pior quando você finalmente a sentir”.

6. “É uma coisa estranha, mas quando se está com medo de alguma coisa, e se daria tudo para retardar o tempo, ele tem o mau hábito de correr”.

7. “Discordo de Dumbledore em muita coisa… Mas não se pode negar que ele tem classe…”.

20 frases de Harry Potter para matar a saudade da saga!

FOTO: Reprodução

8. “Só porque você tem a amplitude emocional de uma colher de chá, isto não significa que sejamos todos iguais”.

9. “Você também vai descobrir que Hogwarts sempre ajudará aqueles que a ela recorrerem”.

10. “TOM SERVOLEO RIDDLE

Em seguida, agitou a varinha uma vez e as letras do seu nome se arrumaram:

EIS LORDE VOLDEMORT”

Que tal adquirir todos os livros da saga de uma vez? Clique abaixo para comprar:

11. “Horcrux é a palavra usada para um objeto em que a pessoa ocultou parte da própria alma”.

12. “A grandeza inspira a inveja, a inveja engedra o despeito, o despeito produz a mentira”.

13. “Não tenha piedade dos mortos, Harry. Tenha piedade dos vivos e, acima de tudo, dos que vivem sem amor”.

14. “Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração”.

15. “Você acha que os mortos que amamos realmente nos deixam? Você acha que não nos lembramos deles ainda mais claramente em momentos de grandes dificuldades?”

20 frases de Harry Potter para matar a saudade da saga!

FOTO: Reprodução

16. “– Depois de todo esse tempo?
– Sempre – respondeu Snape”.

17. “– Alvo Severo […], nós lhe demos o nome de dois diretores de Hogwarts. Um deles era da Sonserina, e provavelmente foi o homem mais corajoso que já conheci”.

18. “A verdade é uma coisa bela e terrível, por isso deve ser tratada com grande cautela”.

19. “É possível encontrar a felicidade mesmo nas horas mais sombrias, se lembrar de acender a luz”.

20. “Não vale a pena mergulhar nos sonhos e esquecer de viver”.

 

20 frases de Harry Potter para matar a saudade da saga!

FOTO: Reprodução

LEIA TAMBÉM


Comente!
Escrito por:

Melissa Marques


21 frases e poemas de Carlos Drummond de Andrade

Quem nunca ouviu falar que no meio do caminho tinha uma pedra? Ou que João amava Teresa que amava Raimundo? Sem dúvidas, alguns poemas do mineiro Carlos Drummond de Andrade fazem parte da vida dos leitores brasileiros. Drummond foi escritor, cronista, poeta e considerado um dos autores mais influentes do século XX! Relembre sua obra através de 21 frases e poemas:

21 frases e poemas de Carlos Drummond de Andrade

Carlos Drummond de Andrade FOTO: Reprodução

1. O mundo é grande e cabe nesta janela sobre o mar. O mar é grande e cabe na cama e no colchão de amar. O amor é grande e cabe no breve espaço de beijar.

2. A minha vontade é forte, porém minha disposição de obedecer-lhe é fraca.

3. NO MEIO DO CAMINHO

No meio do caminho tinha uma pedra
tinha uma pedra no meio do caminho
tinha uma pedra
no meio do caminho tinha uma pedra.

Nunca me esquecerei desse acontecimento
na vida de minhas retinas tão fatigadas.

Nunca me esquecerei que no meio do caminho
tinha uma pedra

Tinha uma pedra no meio do caminho
no meio do caminho tinha uma pedra.

______

4. No adultério há pelo menos três pessoas que se enganam.

5. Tenho apenas duas mãos e o sentimento do mundo.

6. Escritor: não somente uma certa maneira especial de ver as coisas, senão também uma impossibilidade de as ver de qualquer outra maneira.

7. Há certo gosto em pensar sozinho. É ato individual, como nascer e morrer.

8. Como as plantas, a amizade não deve ser muito nem pouco regada.

21 frases e poemas de Carlos Drummond de Andrade

FOTO: Reprodução / Tumblr

9. RECEITA DE ANO NOVO

Para você ganhar belíssimo Ano Novo
cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,
Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido
(mal vivido talvez ou sem sentido)
para você ganhar um ano
não apenas pintado de novo, remendado às carreiras,
mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;
novo
até no coração das coisas menos percebidas
(a começar pelo seu interior)
novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,
mas com ele se come, se passeia,
se ama, se compreende, se trabalha,
você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,
não precisa expedir nem receber mensagens
(planta recebe mensagens?
passa telegramas?)

Não precisa
fazer lista de boas intenções
para arquivá-las na gaveta.
Não precisa chorar arrependido
pelas besteiras consumidas
nem parvamente acreditar
que por decreto de esperança
a partir de janeiro as coisas mudem
e seja tudo claridade, recompensa,
justiça entre os homens e as nações,
liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,
direitos respeitados, começando
pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo
que mereça este nome,
você, meu caro, tem de merecê-lo,
tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
mas tente, experimente, consciente.
É dentro de você que o Ano Novo
cochila e espera desde sempre.

______

10. Ninguém é igual a ninguém. Todo o ser humano é um estranho ímpar.

11. Há livros escritos para evitar espaços vazios na estante.

12. As obras-primas devem ter sido geradas por acaso; a produção voluntária não vai além da mediocridade.

13. Há duas épocas na vida, infância e velhice, em que a felicidade está numa caixa de bombons.

14. QUADRILHA

João amava Teresa que amava Raimundo
que amava Maria que amava Joaquim que amava Lili
que não amava ninguém.
João foi para o Estados Unidos, Teresa para o
convento,
Raimundo morreu de desastre, Maria ficou para tia,
Joaquim suicidou-se e Lili casou com J. Pinto
Fernandes
que não tinha entrado na história.

______

15. A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional.

21 frases e poemas de Carlos Drummond de Andrade

FOTO: Reprodução / Tumblr

16. JOSÉ

E agora, José?
A festa acabou,
a luz apagou,
o povo sumiu,
a noite esfriou,
e agora, José?
e agora, Você?
Você que é sem nome,
que zomba dos outros,
Você que faz versos,
que ama, protesta?
e agora, José?

Está sem mulher,
está sem discurso,
está sem carinho,
já não pode beber,
já não pode fumar,
cuspir já não pode,
a noite esfriou,
o dia não veio,
o bonde não veio,
o riso não veio,
não veio a utopia
e tudo acabou
e tudo fugiu
e tudo mofou,
e agora, José?

E agora, José?
sua doce palavra,
seu instante de febre,
sua gula e jejum,
sua biblioteca,
sua lavra de ouro,
seu terno de vidro,
sua incoerência,
seu ódio, – e agora?

Com a chave na mão
quer abrir a porta,
não existe porta;
quer morrer no mar,
mas o mar secou;
quer ir para Minas,
Minas não há mais.
José, e agora?

Se você gritasse,
se você gemesse,
se você tocasse,
a valsa vienense,
se você dormisse,
se você cansasse,
se você morresse….
Mas você não morre,
você é duro, José!

Sozinho no escuro
qual bicho-do-mato,
sem teogonia,
sem parede nua
para se encostar,
sem cavalo preto
que fuja do galope,
você marcha, José!
José, para onde?

______

17. Se eu gosto de poesia? Gosto de gente, bichos, plantas, lugares, chocolate, vinho, papos amenos, amizade, amor. Acho que a poesia está contida nisso tudo.

18. Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chega a apertar o coração: é o amor!

19. Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata…

20. São mitos de calendário
tanto o ontem como o agora,
e o teu aniversário
é um nascer a toda hora.

21 frases e poemas de Carlos Drummond de Andrade

FOTO: Reprodução / Tumblr

21. OS OMBROS SUPORTAM O MUNDO

Chega um tempo em que não se diz mais: meu Deus.
Tempo de absoluta depuração.
Tempo em que não se diz mais: meu amor.
Porque o amor resultou inútil.
E os olhos não choram.
E as mãos tecem apenas o rude trabalho.
E o coração está seco.
Em vão mulheres batem à porta, não abrirás.
Ficaste sozinho, a luz apagou-se,
mas na sombra teus olhos resplandecem enormes.
És todo certeza, já não sabes sofrer.
E nada esperas de teus amigos.
Pouco importa venha a velhice, que é a velhice?
Teus ombros suportam o mundo
e ele não pesa mais que a mão de uma criança.
As guerras, as fomes, as discussões dentro dos edifícios
provam apenas que a vida prossegue
e nem todos se libertaram ainda.
Alguns, achando bárbaro o espetáculo
prefeririam (os delicados) morrer.
Chegou um tempo em que não adianta morrer.
Chegou um tempo em que a vida é uma ordem.
A vida apenas, sem mistificação.

______

LEIA TAMBÉM

Fonte: PensadorKDFRASES.


Comente!
Escrito por:

Melissa Marques


26 frases incríveis de Para Educar Crianças Feministas, de Chimamanda Ngozi Adichie

26 frases incríveis de Para educar crianças feministas, de Chimamanda Ngozi Adichie

FOTO: Divulgação

Sempre que leio algo pro blog, costumo fazer marcações de frases e citações importantes. Porém, Para educar crianças feministas acabou tendo MUITOS destaques, que renderam um post exclusivo. Confira os melhores ensinamentos do livro:

Clique abaixo para adquirir o seu exemplar!

  1. Nossa premissa feminista é: eu tenho valor. […] A segunda ferramenta é uma pergunta: a gente pode inverter X e ter os mesmos resultados? (p. 12)
  2. Seja uma pessoa completa. A maternidade é uma dádiva maravilhosa, mas não seja definida apenas pela maternidade. Seja uma pessoa completa. (p. 14)
  3. Por favor, não acredite na ideia de que maternidade e trabalho são mutuamente excludentes. (p. 16)
  4. Façam juntos. […] Às vezes, as mães, tão condicionadas a ser tudo e a fazer tudo, são cúmplices na redução do papel dos pais. (p. 18)
  5. Ao dizermos que os pais estão “ajudando”, o que sugerimos é que cuidar dos filhos é um território materno, onde os pais se aventuram corajosamente a entrar. Não é. (p. 20)
  6. Ensine a ela que “papéis de gênero” são totalmente absurdos. Nunca lhe diga para fazer ou deixar de fazer alguma coisa “porque você é menina”. “Porque você é menina” nunca é razão para nada. Jamais. (p. 21)
  7. Se não empregarmos a camisa de força do gênero nas crianças pequenas, daremos a elas espaço para alcançar todo o seu potencial. (p. 26)
  8. Cuidado com o perigo do Feminismo Leve.[…] Ou você acredita na plena igualdade entre homens e mulheres, ou não. (p. 29)
  9. Uma triste verdade: nosso mundo está cheio de homens e mulheres que não gostam de mulheres poderosas. (p. 33)
  10. Ensine-a a ler. […] Os livros vão ajudá-la a entender e questionar o mundo, vão ajudá-la a se expressar, vão ajudá-la em tudo o que ela quiser ser. (p. 34)
  11. Ensine-a a questionar a linguagem. A linguagem é o repositório de nossos preconceitos, de nossas crenças, de nossos pressupostos. (p. 35)
  12. Tente não usar demais palavras como “misoginia” e “patriarcado” […]. Nós, feministas, às vezes usamos muitos jargões, e o jargão pode ser abstrato demais. Não se limite a rotular alguma coisa de misógina – explique a ela por que aquilo é misógino e como poderia deixar de ser. (p. 36)
  13. Nunca fale do casamento como uma realização. […] Um casamento pode ser feliz ou infeliz, mas não é uma realização. Condicionamos as meninas a aspirarem ao matrimônio e não fazemos o mesmo com os meninos. (p. 40)
  14. Quantos homens você acha que se disporiam a mudar de sobrenome ao se casar? (p. 45)
  15. Ensine-a a não se preocupar em agradar. […] a questão é ser ela mesma, em sua plena personalidade, honesta e consciente da igualdade humana das outras pessoas. (p. 48)
  16. Temos um mundo cheio de mulheres que não conseguem respirar livremente porque estão condicionadas demais a assumir formas que agradem aos outros. (p. 49)
  17. Dê a ela um senso de identidade. […] Esteja atenta também em lhe mostrar a constante beleza e a capacidade de resistência dos africanos e dos negros. (p. 52)
  18. Esteja atenta às atividades e à aparência dela. […] Não pense que criá-la como feminista significa obrigá-la a rejeitar a feminilidade. (p. 54 – 55)
  19. Nunca, jamais associe a aparência […] à moral. Nunca lhe diga que uma saia curta é “indecente”. (p. 56)
  20. Ensine-a a questionar o uso seletivo da biologia como “razão” para normas sociais em nossa cultura. (p. 61)
  21. Converse com ela sobre sexo, e desde cedo. Provavelmente será um pouco constrangedor, mas é necessário. (p.64)
  22. Diga-lhe que o corpo dela pertence a ela e somente a ela, e que nunca deve sentir a necessidade de dizer “sim” a algo que não quer ou a algo que se sente pressionada a fazer. (p. 65)
  23. E, por falar em vergonha, nunca associe sexualidade e vergonha. Ou nudez e vergonha. Nunca transforme a “virgindade” em foco central. (p. 68)
  24. Ensine-lhe que NÃO é papel do homem prover. Num relacionamento sadio, prover é papel de quem tem condições de prover. (p. 74)
  25. Ao lhe ensinar opressão, tome cuidado para não transformar os oprimidos em santos. A santidade não é pré-requisito da dignidade. Pessoas más e desonestas continuam seres humanos e continuam a merecer dignidade. (p. 74)
  26. Ensine-lhe sobre a diferença. Torne a diferença algo comum. Torne a diferença normal. […] Ao lhe ensinar sobre a diferença, você a prepara para sobreviver num mundo diversificado. Ela precisa saber e entender que as pessoas percorrem caminhos diferentes no mundo e que esses caminhos, desde que não prejudiquem as outras pessoas, são válidos e ela deve respeitá-los (p. 76 – 77)

* Esse produto foi um brinde, porém, as informações contidas nesse post expressam as ideias da autora.

LEIA TAMBÉM


Comente!
Escrito por:

Melissa Marques


Melhores frases e diálogos do livro Surpreendente!, de Maurício Gomyde

Você já conferiu a resenha que fizemos de Surpreendente! aqui no blog, né? Inclusive, também aproveitamos para conversar com o autor Maurício Gomyde sobre esse lançamento incrível em uma entrevista superlegal. Gostei tanto da obra que, na hora de escolher as melhores aspas para colocar na resenha, selecionei muuuitas e resolvi fazer um post exclusivo para as  frases e os diálogos mais marcantes da trama. Confira abaixo os meus favoritos em ordem cronológica:

Resenha: Surpreendente! - Maurício Gomyde

FOTO: Melissa Marques / Resenhas à la Carte

PÁGINA 28:

“Meu destino está ligado àquele lugar. Se eu conseguir convencer um jovem da periferia a alugar um clássico, e depois ele me contar algo surpreendente sobre o filme, terei cumprido minha missão na Terra”.

PÁGINA 43:

“- Presta atenção nisto: você foi um presente que apareceu na minha vida – Carlo repetiu – Mesmo se eu acabar sozinho, sempre vou ter você. 

Pedro jamais ouvira o pai falar daquela maneira, e ele próprio nunca encontrara jeito para se abrir e dizer o quanto amava o pai. 

Um abraço forte e demorado deu conta de responder”.

PÁGINA 49:

“Nossa vida é feita de um monte de momentos esquecíveis, entremeados por pouquíssimos inesquecíveis. Por que não darmos a nós mesmos o presente de tentar viver um inesquecível?”.

PÁGINA 50:

“Compreender o mundo é tarefa complicada para qualquer pessoa, enxergue ela ou não. Então você não está melhor nem pior do que ninguém. E lembre-se: muita gente vê tudo, mas não enxerga nada”.

PÁGINA 78:

“- E no que você acredita exatamente?

– Acho que o cinema, a música boa e a literatura são instrumentos da Santíssima Trindade para salvar o ser humano da derrota como espécie.

– Como assim?

– O Pai é a música. O Filho, a literatura. E o Espírito Santo tem uma câmera na mão e uma ideia na cabeça.”

PÁGINA 146:

“Aqui começa o maior filme de todos os tempos sobre as chances que o mundo coloca na vida das pessoas. Que as lições sejam aprendidas e voltemos milhões de vezes melhores do que quando partimos […]”.

PÁGINA 184:

“- Porque somos seus amigos. E se uma pessoa passar toda a existência sem fazer algo realmente excepcional por um amigo, a vida não terá valido a pena…”

 PÁGINA 195:

“Eram os quatro gritando numa roda, rindo e jogando água para cima. Quatro amigos que as retas e curvas da estrada haviam tornado ainda mais amigos. Quatro crianças, quatro loucos, duas duplas que vinham se fazendo inseparáveis”.

 Agora conta pra mim: qual é a sua favorita? 😉


2 Comentários
Escrito por:

Melissa Marques


Página 1 de 212