Resenha

Resenha: Felicidade Conjugal – Lev Tolstói

Resenha: Felicidade Conjugal - Lev Tolstói

Felicidade Conjugal conta a história de amor entre Mária Aleksândrovna e Sierguiéi Mikháilitch de, respectivamente, 17 e 37 anos. Aqui, gostaria de fazer uma observação: sim, sabemos que nos tempos atuais seria um relacionamento repugnante por questões óbvias – a garota é menor de idade e Mikháilitch já é um adulto. Porém, é necessário fazer …

Continue Lendo
Resenha

Resenha: A Morte de Ivan Ilitch – Lev Tolstói

Resenha: A Morte de Ivan Ilitch - Lev Tolstói

Melissa MarquesMelissa Ladeia Marques é jornalista e especialista em Marketing Digital. Atua como analista de mídias sociais, webwriter, redatora publicitária, assessora de imprensa e o que mais a comunicação proporcionar. Assim como todo clichê jornalístico, bebe mais café do que deveria e sonha em escrever um livro. www.facebook.com/melissaladeiamarques

Continue Lendo
Resenha

Resenha: Noites Brancas – Fiódor Dostoiévski

Resenha: Noites Brancas - Fiódor Dostoiévski

Noites Brancas é uma novela de Dostoiévski, de 1848, um pouco antes de o autor ser preso e mudar radicalmente seu estilo literário. A história se passa em São Petersburgo, no século XIX, em que um homem solitário vaga pela cidade, deixando que os sentimentos passem por ele, enquanto caminha pelas ruas, esquinas e calçadas. Um …

Continue Lendo
Resenha

Resenha: Primeiro Amor – Ivan Turguêniev

Resenha: Primeiro Amor - Ivan Turguêniev

Você se lembra do seu primeiro amor? Tem recordações de como foi se apaixonar pela primeira vez? Pois essa é a narrativa de Primeiro Amor, obra do autor russo Ivan Turguêniev. O livro, com apenas 112 páginas, é uma novela que conta a história do jovem Vladímir Petróvitch, filho único de uma família tradicional, que se encanta …

Continue Lendo
Resenha

Resenha: Crime e Castigo – Fiódor Dostoiévski

Resenha: Crime e Castigo - Fiódor Dostoiévski

O clássico da literatura russa, Crime e Castigo, completou 150 anos em 2016, e é um daqueles livros que se mantêm atualizados até hoje. Ele retrata a vida de Rodión Románovitch Raskólnikov, um pobre estudante de direito de  São Petersburgo. Em seu cubículo, que mais parecia um armário do que um apartamento, Ródia (como também …

Continue Lendo