Entrevista: Julia Quinn, autora da série Os Bridgertons

Entrevista com a autora Julia Quinn

FOTO: Divulgação

Julia Quinn é uma autora norte-americana conhecida por seus romances históricos, principalmente a saga Os Bridgertons, publicada pela Editora Arqueiro. Seus livros já entraram na lista de mais vendidos do The New York Times e foram traduzidos para 26 idiomas! Durante a passagem de Julia pelo Brasil, para a Bienal do Rio 2015, a autora bateu um papo com a gente. Ela foi superbacana, comentou sobre sua vida como autora e as dificuldades de escrever um romance histórico. Confira:

Resenhas: Seus personagens são britânicos. Você se inspirou em alguém da aristocracia britânica para seus livros?

Julia: Eu não tenho nenhuma ascendência britânica, mas já vivi na Inglaterra duas vezes. E claro, eu amo Downton Abbey!

Resenhas: Seus livros já foram traduzidos para 26 idiomas. Que tipos de mudanças houveram na sua vida após seus livros se tornarem bestsellers?

Julia: Não muitas mudanças, na verdade. Não é como se as pessoas reconhecessem autores andando pela rua.

Resenhas: Quais são as maiores dificuldades de escrever um romance histórico? E as vantagens?

Julia: As dificuldades e as vantagens são iguais: a pesquisa. Existe muita pesquisa a ser feita, e há muita pressão para eu que eu pegue todos os detalhes corretamente. Por outro lado, eu acho que escritores de livros contemporâneos têm que se preocupar ainda mais. Se eles escrevem algo errado, as pessoas ficam REALMENTE bravas. Por exemplo, eu li um livro há algum tempo que se passava na minha universidade e o autor escreveu o nome de um dos dormitórios errado. Aquilo realmente me irritou. Eu não li “Cinquenta Tons de Cinza”, mas a história se passa em Seattle, onde eu moro, e aparentemente a autora fez os personagens chamarem a estrada de “the 5” ao invés de “I-5”. (Californianos falam “the 5”, quem mora em Seattle diz “I-5”.) Foi só o que os meus amigos comentavam o tempo todo! (O que é meio engraçado, quando você para e pensa. Quer dizer, é Cinquenta Tons de Cinza!).

+++ ENTREVISTA: FABIO BRUST, AUTOR DE DEUSES & FERAS
+++ ENTREVISTA: RED DOOR HQS
+++ ENTREVISTA: ANDRÉ TURTELLI E RENATO QUIRINO, AUTORES DA HQ AOKIGAHARA

Resenhas: Você planeja escrever em algum estilo literário diferente, além dos romances históricos?

Julia: Não tão breve, eu realmente gosto do que eu faço.

Entrevista com a autora Julia Quinn

Foto: Divulgação/Arqueiro

Resenhas: Você desistiu da faculdade de medicina para seguir seu sonho de ser escritora. Como foi tomar essa decisão? Você recomendaria a outras pessoas?

Julia: A decisão não foi tão difícil como as pessoas podem pensar. Eu já havia publicado três livros quando eu decidi deixar a faculdade de medicina, então minha carreira como escritora já havia começado. Eu não poderia te dizer se eu recomendaria isso; realmente depende da pessoa. Para mim foi a decisão correta, mas para outros pode não ser.

Resenhas: Como é seu relacionamento com as autoras Lisa Kleypas e Eloisa James?

Julia: Ambas são ótimas amigas! Eloisa e eu inclusive passamos umas férias juntas em Viena.

Resenhas: Em qual tipo de amor você acredita?

Julia: Em todos os tipos!


Escrito por:

Isabela Zamboni



Comentários via Facebook

Comentários


Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *