15 maneiras de escrever mais rápido e sem distrações

A autora Daisy Hartwell entrou em contato com a gente e mandou um infográfico superlegal para quem tem vontade de escrever mais rápido e melhor. São 15 técnicas que ensinam como acelerar a escrita e mandar adeus para o medo do deadline.

O infográfico é superfofo e bem simples de entender! O único problema é que está em inglês e é enoooorme. Olha ele aqui embaixo (clique para abrir no tamanho grande):

15 maneiras de escrever mais rápido e se tornar um escritor

 

 

Porém, como não sou designer e não consigo fazer um info lindo desses, eu traduzi as 15 dicas essenciais e aqui embaixo você confere todas elas! 

1 – Silencie o editor que vive dentro de você

Essa pessoa parece querer o melhor para você, o amigo mais preocupado mas, de fato, é o seu pior inimigo. Deixe o perfeccionismo de lado e apenas escreva. Dicas para lidar com isso:

  • Imagine que esse editor que vive em você é real;
  • Coloque-o dentro de um cofre e tranque;
  • Você ouve aquele silêncio? Agora é o momento de começar a escrever.

2 – Estrutura é tudo

É tão importante quanto a própria escrita. Se organize o máximo que puder. Faça um plano superdetalhado das suas tarefas e de como elas se encaixam no seu prazo. Passos pequenos, mas restritos, vão te dar um ritmo bom e acelerar o processo. Dica: agende não somente suas tarefas, mas também reserve um tempo para edição do texto.

3 – Combata as distrações

Todas suas redes sociais, parentes, amigos, animais de estimação e tarefas domésticas podem arruinar seu plano de escrita. Lembre-se de uma coisa: você é o chefe! Então deixe de lado todas as distrações. Dica: coloque fones de ouvido. Você nem precisa ouvir música – só colocando-os já vai prevenir que outras pessoas interrompam sua produtividade.

15 maneiras de escrever mais rápido e sem distrações

Foto: Pixabay

4 – Contabilize suas palavras-por-hora

Você pode aumentar sua velocidade de escrita competindo com você mesmo por uma taxa maior de palavras-por-hora. A partir de agora, esse será o seu desafio. Dica: você pode testar sua velocidade de escrita no site typingtest.com

5 – Deixe para formatar somente no final

O controle de qualidade é o último passo do processo. Esqueça aquelas linhas vermelhas e verdes irritantes do Word ou as dicas dos softwares de edição. Desligue-as. Escreva primeiro. Dica: use formatação automática no programa de edição que você utiliza.

6 – Escreva sobre o que você sabe

Você pode economizar tempo escrevendo sobre algo que você já conhece e sabe! Corte o tempo de pesquisa. Use sua experiência e conhecimento. Mostre seu expertise. Dica: escrever sobre o que você sabe nem sempre é sobre eventos. É também sobre emoções. Você não precisa ser um astronauta para escrever sobre Marte.

7 – Guarde todas as anotações em um mesmo lugar

Otimize suas ideias. Use apenas um caderno de anotações ou arquivo para cada história ou tópico específico. Você pode “escanear” seus pensamentos de uma maneira muito mais rápida quando você usa apenas uma fonte. Dica: use letra maiúscula em frases ou palavras inteiras para separar as ideias. Isso vai te ajudar a “navegar” melhor pelo papel.

15 maneiras de escrever mais rápido e sem distrações

Foto: Pixabay

8 – Use um cronômetro

Use um cronômetro e coloque para apitar em 30 minutos. Intervalos curtos e regulares vão deixar seu cérebro mais focado na tarefa. Ligue o alarme do celular e faça uma pausa de 5 minutos. Dica: você também pode usar a famosa Técnica Pomodoro.

9 – Faça um exercício físico de 5 minutos

Pesquisas sugerem que alternar atividades físicas e mentais podem aumentar sua produtividade. 20 flexões são a maneira perfeita de fazer um intervalo. Dica: faça yoga. Diminua o risco de perda de memória ou demência com uma prática regular de yoga e meditação.

10 – Crie conexões entre suas tarefas (uma ponte)

É bem legal se você teve um dia superprodutivo. Tente manter o mesmo ritmo amanhã. Resuma o que você fez hoje e elabore novas tarefas para o dia seguinte. Dica: faça uma nova “lista de afazeres” para o próximo dia. Não aumente ou atualize a sua atual. Você está analisando o que já foi feito e criando uma nova lista baseada nos seus eventos e tarefas diárias.

11 – Fique confortável enquanto escreve

Você pode acelerar sua velocidade de escrita trabalhando em um ambiente confortável. Fique à vontade em seu sofá ou poltrona, encha a garrafinha de água e tranque a porta se precisar. Dica: estudos mostraram que para um trabalho mais preciso e detalhado, um ambiente organizado e limpo pode ser benéfico.

12 – Pense na recompensa

Tenha motivação! Uma xícara de café pode ser uma boa recompensa para um longo parágrafo. Faça pequenas recompensas a si mesmo e siga em frente de bom humor. Dica: dê R$20 a um parante ou amigo. Se você terminar sua tarefa do dia até às 14h, você ganha seu dinheiro de volta. Senão, você perde.

15 maneiras de escrever mais rápido e sem distrações

Foto: Pixabay

13 – Escolha a hora do dia mais produtiva

Você já sabe qual é o horário do dia mais produtivo. De manhã bem cedinho ou durante a madrugada, você é quem escolhe. Até mesmo duas horas de trabalho com máxima concentração pode ser superefetivo. Dica: se você consegue trabalhar em um projeto por 90 minutos ou mais com apenas pequenos intervalos, isso é sinal de que você está trabalhando com picos de produtividade. Use esse conhecimento para identificar qual o melhor horário do dia para escrever mais rápido.

14 – Jogue jogos de digitação

Você é lento para digitar? Melhore sua velocidade na escrita com tutoriais online. A internet está cheia deles. Dica: top 3 jogos de digitação:

15 – Pratique

Você não vai escrever rápido depois do seu primeiro artigo. Os resultados demoram a aparecer, então tenha paciência e trabalhe duro. Escrever regularmente vai te ajudar a ganhar velocidade. Dica: encontre um parceiro para escrever. Aposte com um amigo que você consegue escrever um artigo de até 800 palavras mais rápido do que ele. Faça apostas com sua reputação.

E aí, curtiram as dicas? 🙂

LEIA TAMBÉM


Comente!
Escrito por:

Isabela Zamboni


“O Chá de Época”: evento para fãs de romances de época criado pela Editora Record

Um linguajar deveras rebuscado. Cavalheiros de tirar o fôlego de qualquer dama. Castelos, bailes, vestidos suntuosos… É claro que estamos falando sobre romances de época!

O gênero agrada até os corações mais difíceis, deixa os fãs sonhando com um amor que ultrapasse qualquer barreira: seja um clássico de Jane Austen ou um lançamento, como o Não Me Esqueças, de Babi A. Sette, esse tipo de literatura agrada e, a cada dia, alcança ainda mais fãs!

Foi pensando neles, aliás, que a Editora Record apostou em um evento exclusivo: O Chá de Época.

"O Chá de Época": evento para fãs de romances de época criado pela Editora Record

FOTO: Reprodução

A ideia é fomentar ainda mais a discussão sobre esse gênero literário, e fazer com que mais pessoas se apaixonem por tantos personagens incríveis e doces! É claro que, além do bate-papo, ainda rolam sorteios de brindes superespeciais. Não dá pra perder, né? 

Só neste segundo semestre, o Grupo lança dezesseis romances de época, o que reforça o investimento da editora neste gênero que já consagrou nomes como Carina Rissi, da série Perdida. O público é sempre fiel e engajado. Exemplo disto é a trilogia ‘Príncipe’, de Elizabeth Hoyt, que chegará às lojas pela Record. O lançamento é fruto dos pedidos dos fãs da autora, que nunca havia sido publicada no Brasil“, destaca a assessora de imprensa do Grupo Editorial Record, Raquel Araújo, através de comunicado.

Confira outros lançamentos de época que estão saindo do forno:

"O Chá de Época": evento para fãs de romances de época criado pela Editora Record

Os próximos romances de época que serão lançados pela Editora Record FOTO: Divulgação

O primeiro Chá foi ontem (02), no Rio de Janeiro.  Confira as datas dos próximos eventos:

Nos vemos por lá? 😉

LEIA TAMBÉM


Comente!
Escrito por:

Melissa Marques


Semana Senac de Leitura

Semana Senac de Literatura

Foto: Shutterstock

SEMANA SENAC DE LEITURA

Conforme o último Censo Escolar, só um terço das escolas do país oferecem bibliotecas aos alunos. E mais: a maioria dos brasileiros nunca leu um livro ou visitou uma biblioteca. Para mudar esse quadro, a Semana Senac de Leitura busca aproximar as pessoas do gosto pelo ler e escrever, práticas fundamentais para a formação de cidadãos críticos.

PROGRAMAÇÃO

São palestras, workshops, oficinas diversas, contação de histórias, rodas de leitura, saraus, murais de poesia, gincanas, filmes, música, teatro, dança, stand up e outras atrações.

SAIBA MAIS

MENINA DE NOVE ANOS LEVA LIVROS AO “MINHOCÃO” PARA SEREM DOADOS
SAIBA MAIS SOBRE O PROJETO “GELADEIRA DE LIVROS”

FEIRA DE TROCA DE LIVROS

Há mais de 10 anos o Senac promove a Feira de Troca de Livros, que durante todo esse período estimulou o acesso à leitura. Todas as ações desenvolvidas para a feira de troca de livros foram incorporadas à Semana Senac de Leitura.

REGRAS PARA TROCA

  • Os materiais recebidos na troca devem estar em bom estado de conservação;
  • Materiais muito antigos não serão aceitos;
  • A troca será de livro por livro e gibi por gibi;
  • Livros de literatura em geral são bem aceitos (seguindo o critério de conservação e qualidade);
  • São permitidos livros de literatura estrangeira, nacional, infantil, infanto‐juvenil e gibis;
  • Não serão aceitos materiais didáticos, livros de cunho político/partidário, religioso, dicionários, lista de endereços e telefones, teses e dissertações, enciclopédias, pornográficos e sobre sexologia, código civil e legislação e livros de informática.

Quando? Em abril, outubro e novembro nas unidades do Senac no Estado.
Quanto? A participação é gratuita e aberta a todos.

Confira a programação de cada local no Portal Senac

FONTE: Senac.


Comente!
Escrito por:

Melissa Marques


Como ter um diário pode ajudar a melhorar sua escrita

Outro dia encontrei um texto muito interessante no blog LIVE TO WRITE – WRITE TO LIVE e resolvi postar aqui no blog. Muitos acreditam que ter um diário é coisa do passado, mas escrever à mão pode ajudar a melhorar a escrita e, por consequência, auxiliar também escritores iniciantes. Não precisa ser necessariamente um diário, mas um caderno de anotações, bloquinho ou qualquer coisa parecida. Lembrando que eu traduzi livremente o texto, então pode conter alguma diferença do original. As dicas são ótimas, olha só:

mulher escrevendo no caderno

Shutterstock

1 –  Alivia a pressão de ser “ótimo”

Ter um diário liberta você para escrever com alegria, abandono e criatividade desenfreada. Escritores são com frequência dominados pelo estresse e tendem a viver em função de algum padrão fabricado. Isso paralisa e suga toda a vida da sua escrita, deixando o texto diluído, vacilante,  sem cor e sem inspiração. Um diário te faz escrever sem medos, sem edição, sem nenhum “deveria”. Apenas deixa você escrever. Que bênção!

 2- Elimina todo o lixo

Todos escrevemos porcarias. No livro Bird by Bird, a escritora Anne Lamott fala sobre escrever os “primeiros rascunhos lixentos“. Todos nós fazemos isso, faz parte do processo. Escrever em um diário é o jeito mais rápido e fácil de conseguir mais porcarias na página. A partir daí, você pode seguir em frente e escrever suas melhores ideias.

caderno, café óculos mãos

Shutterstock

3- Ele oferece preciosidades

Aposto que você já releu algum trecho que escreveu e pensou: “Caramba! Eu escrevi isso? É muito bom!“. Quando você liberta sua criatividade e tem o compromisso de ser completamente honesto e sem censura, coisas boas podem surgir. Os diamantes serão enterrados junto com toneladas de pedregulhos, mas estarão lá.

+ Leia também: 5 livros para escritores iniciantes

4- Cria um arquivo pessoal muito vasto

Muito do que é escrito em diários não são bons para ser lidos, até mesmo por quem escreve. Ainda assim, também existem muitas ideias e fragmentos que poderiam inspirar histórias ou artigos. Você pode até incluir exercícios de escrita nos diários – pratique escrever diálogos, descrições, ações, etc.

5 – Melhora sua saúde

Existem vários estudos que demonstram como pessoas que escrevem sobre seus sentimentos (os bons e principalmente os ruins) são menos estressadas e têm sistema imunológico mais forte. Não é uma surpresa – afinal, guardar as coisas para você é o caminho para o desastre, já que descobrir mais sobre si mesmo é uma boa aposta para aumentar a autoconfiança e o bem-estar.

6 – Deixa você mais perto da perfeição

Em seu livro OutliersMalcolm Gladwell diz que para ser um expert em alguma coisa, você deve investir pelo menos 10,000 horas praticando. As horas que você gasta escrevendo no seu diário contam. Comece a arranjar um tempinho para escrever agora mesmo!

7- Salva relacionamentos

O diário é um lugar excelente para desabafar sem o risco de dizer algo que você pode se arrepender mais tarde. Está nervoso (a) com a pessoa amada? Escreva! Odiando seu trabalho? Escreva. Tem uma crush secreta pelo vizinho? Bem…você entendeu.

+ Leia também: 13 autores best-seller dão dicas para iniciantes

8 – Clareia sua mente

Em seu trabalho The Artist’s Way, a autora Julia Cameron recomenda escrever “Páginas pela Manhã“. O método envolve escrever um pouquinho toda manhã, ao acordar. O propósito é clarear suas ideias e sua mente de qualquer problema que possa barrar seu processo criativo. Colocar seus pensamentos no papel libera espaço na sua mente e para as tarefas que você deve cumprir.

mulher escrevendo no caderno

Shutterstock

9 – Ajuda você a encontrar sua voz

Escritores são obcecados por descobrir, desenvolver e refinar sua “voz”. Quando você deixa de lado a “alta expectativa” e apenas escreve com o seu estilo e como você é, sua voz sairá naturalmente.

10 – Ajuda a desenvolver melhores hábitos de escrita

Quanto mais tempo você reserva para escrever, mais você arranjará tempo para colocar as palavras no papel. Não fique aguardando um “grande projeto”, apenas arranje uma caneta, um caderno e deixe as palavras voarem pelas páginas.


2 Comentários
Escrito por:

Isabela Zamboni


Livros na decoração

Como usar livros na decoração da sua casa

FOTO: Divulgação / Westwing

Os bibliófilos costumam adquirir livros para a sua coleção semanalmente. A grande dificuldade dessa coleção é o espaço. Quem ama ler, sabe: os bons livros têm que ficar para a coleção e devem ser lidos mais de uma vez!

E o que fazer quando falta espaço para tantos livros? Pensando nisso, me juntei ao Westwing, e-commerce de casa e decoração, e separei algumas dicas de como aproveitar seus livros para deixar seu lar ainda mais charmoso! Confira:

Como usar livros na decoração da sua casa

FOTO: Divulgação / Westwing

ESTANTE DE LIVROS

A sala de estar costuma ser o maior cômodo da casa. Que tal enchê-la com livros e dispor com adornos e outros objetos? Uma boa ideia para segurar os livros é usar aparadores divertidos e que tenham a sua cara!

Como usar livros na decoração da sua casa

FOTO: Divulgação / Westwing

LIVROS EM NICHOS

Outra ideia é preencher nichos espalhados pela casa com seus livros e revistas prediletos. Ainda é possível enfeitar a parte de cima do nicho com vasos e plantas.

Como usar livros na decoração da sua casa

FOTO: Divulgação / Westwing

LIVROS PELA CASA

Usar livros dispostos pela casa em cima de mesas de centro, criados-mudos e pufs também está super em alta. Você pode, inclusive, usá-los como apoio de vasos de flores (nesse caso, cuidado para não sujar ou molhar os livros!) e porta-retratos.

Como usar livros na decoração da sua casa

FOTO: Divulgação / Westwing

LIVROS EM CRIADOS-MUDOS

Que tal ousar ainda mais e criar um estilo diferente de criado-mudo para o seu quarto? Basta empilhar alguns livros maiores de capa grossa e você terá um criado diferente e supermoderno.

Conteúdo oferecido por:

Westwing


Comente!
Escrito por:

Melissa Marques


Página 1 de 3123