Resenha: O Sol na Cabeça – Geovani Martins

Comecei a ler O Sol na Cabeça enquanto voltava de uma viagem. Logo nos primeiros contos, o autor Geovani Martins ganhou minha atenção: ele é descrito como um “fenômeno literário brasileiro vendido para 8 países“. Mas vai muito além disso!

O realismo retratado por Geovani em seus contos nos transportam diretamente para as ruas do Rio de Janeiro. Ele – negro, pobre, nascido e criado no morro – faz sua voz ser ouvida através do livro, e torna O Sol na Cabeça uma obra social.

Clique para adquirir seu exemplar de O Sol na Cabeça:

A linguagem adotada pelo autor é um show à parte: é malandra, malaca. Bem como João Moreira Salles ressalta na contracapa: “Geovani pula da oralidade mais rasgada para o português canônico como quem respira“. Confira um exemplo no conto “Rolézim”, que integra o livro.

Em entrevista à Época, Geovani comentou que: “Tenho facilidade para me adaptar às muitas formas de falar o português brasileiro e como já morei em favelas sob comando de todas as três facções do Rio, e ainda numa dominada pela milícia, acabei tendo contato com as particularidades de cada região. Mas transformar isso em literatura não é fácil“.

O autor retrata a rotina dos morros com destreza e habilidade. Por isso, alguns contos são bastante pesados. Geovani não tem medo de tocar em certas feridas e disserta sobre violência policial, vício, tráfico de drogas, morte, intolerância religiosa, entre muitos outros assuntos que, infelizmente, fazem parte da rotina da comunidade. Especialmente em um momento como o que vivemos no Brasil, diria que trata-se de um livro extremamente NECESSÁRIO.

Resenha: O Sol na Cabeça - Geovani Martins
FOTO: Melissa Marques | Resenhas à la Carte

Apesar de a realidade dos morros ser distante para muitos (como eu), Geovani – através de seus personagens caricatos – desenha com maestria os relacionamentos da comunidade e, com isso, acaba gerando a identidade necessária entre obra e leitor. “Os personagens do livro são todos baseados em seres humanos, complexos e imprevisíveis por natureza“, comenta o autor.

Imperdível!

* Esse produto foi um brinde, porém, as informações contidas nesse post expressam as ideias da autora.

LEIA TAMBÉM

Resenha: O sol na cabeça - Geovani MartinsTítulo original: O Sol na Cabeça
Autor: Geovani Martins
Editora: Companhia das Letras
Número de páginas: 120
Ano: 2018
Gênero: Contos
Nota:

Comentários via Facebook

Comentar