Manuscritos e revisões originais de autores famosos

Todo mundo que já tentou escrever um livro – ou escreve com frequência – sabe que a primeira versão nunca é a principal. Os textos precisam de revisão e um novo olhar, nem que o autor precise conferir mil vezes e pedir a opinião de terceiros.

E muito se engana quem acredita que autores incríveis como Charles Dickens, Jane Austen ou Guimarães Rosa não modificavam suas primeiras versões de suas obras. Inclusive, já fiz uma resenha do livro “Sobre a Escrita”, do Stephen King, em que ele fala sobre o processo de criação e ele comenta como a revisão é tudo!

Já pensou em como esses escritores de livros consagrados faziam revisões de seus trabalhos? Alguns escreviam à mão – não havia outra alternativa na época – outros com máquina de escrever ou computador, mas o processo de revisão é unânime: rabiscos e mais rabiscos!

Confira:

Jane Austen – The Watsons

manuscrito jane austen
Fonte: lpm-blog.com.br

Balzac – Eugénie Grandet: Autograph manuscript and corrected galley proofs signed

manuscrito balzac
Fonte: beverleyshiller.tumblr.com

Moacyr Scliar – A Guerra no Bom Fim

manuscrito moacir sclyar
Fonte: delfosdigital.pucrs.br/

José Saramago – O Ano da Morte de Ricardo Reis

manuscrito saramago
Fonte: purl.pt/13872

Fernando Pessoa (Alberto Caeiro)

manuscrito fernando pessoa
Fonte: purl.pt/

Charles Dickens – Grandes Esperanças

manuscrito charles dickens
Fonte: psychologytoday.com

James Joyce – Ulisses

manuscrito ulisses james joyce
Fonte: jimhull.io

Guimarães Rosa – O Grande Sertão Veredas

manuscrito guimarães rosa
Fonte: luiztrigo.blogspot.com.br

Eça de Queirós – Adão e Eva no Paraíso

manuscrito eça de queirós
Fonte: queirosiana.wordpress.com

George Orwell – 1984

manuscrito 1984 george orwell
Fonte: georgeorwellnovels.com

Leia também

Comentários via Facebook

Comente!