Resenha: Carta a D. – André Gorz

Comecei a ler Carta a D. depois que recebi essa edição maravilhosa da Companhia das Letras. Como o livro é curtinho, acabei em poucas horas.

A carta começa com um tom de retratação, onde André Gorz afirma não ter dado o devido “crédito” à esposa em outra de suas publicações. “Pintando” a amada como alguém frágil, sem encantos e que constantemente precisava de ajuda. Em Carta a D. o autor se desmente, e até pergunta “onde estava com a cabeça” quando descreveu Dorine dessa forma.

Resenha: Carta a D. - André Gorz
FOTO: Reprodução

“Você está para fazer 82 anos. Encolheu seis centímetros, não pesa mais do que 45 quilos e continua bela, graciosa e desejável. Já faz 58 anos que vivemos juntos, e eu amo você mais do que nunca”.

É o início da mensagem de André à amada que, em poucas páginas, retoma a trajetória de amor, companheirismo e lutas enfrentadas pelo casal. Como Bauman costumava dizer, em tempos de “amor líquido” como os que presenciamos, chega a ser diferente (e até chocante) pensar em algo tão duradouro.

Muitos pontos chamam a atenção do leitor: o início penoso da vida a dois é um deles. Gorz também aproveita para exaltar Dorine, que sempre esteve do seu lado nos momentos mais difíceis e que, sem dúvidas, se não tivesse contado com o olhar clínico de D., provavelmente não teria concluído muitas de suas matérias como jornalista e suas obras como filósofo.

Resenha: Carta a D. - André Gorz
FOTO: Reprodução

 

A realidade, muitas vezes, bate na cara do casal – que não chega a ser nem perto de idealizado: ciúme, brigas, doenças… Tudo acontece e põe o amor do dois à prova. A passagem mais difícil, e que perdura até o fim da vida, é a doença que acomete Dorine.

Para comprar o livro, é só clicar no link abaixo:

Pela amada, Gorz faz tudo o que está em seu alcance, muda seu estilo de vida – resolvem ter uma vida mais calma – e se vê confrontado: o medo de perder D. é excruciante.

Aproveitamos para gravar um bate-papo sobre a obra que, ao mesmo tempo, é simples e tão complexa. Ouça a conversa:

* Esse produto foi um brinde, porém, as informações contidas nesse post expressam as ideias da autora.

E você? Já leu Carta a D.? O que achou da obra? Me conta através dos comentários!

LEIA TAMBÉM

Resenha: Carta a D. - André GorzTítulo original: Lettre à D.: Histoire d’un Amour
Autor: André Gorz
Editora: Companhia das Letras
Número de páginas: 104
Ano: 2018
Gênero: Cartas
Nota

Comentários via Facebook

Comentar