Resenha: Assassinato no Expresso do Oriente – Agatha Christie

Resenha: Assassinato no Expresso do Oriente - Agatha Christie

FOTO: Melissa Marques / Resenhas à la Carte

CHEGA DE JULGAMENTOS!

Nunca mais serei alvo de risos contidos e olhos esbugalhados me perguntando: “COMO ASSIM, VOCÊ NUNCA LEU AGATHA CHRISTIE?”.

Pois é, minha gente! Minha hora de brilhar ler um livro da Rainha do Crime chegou!

Vou falar bem ~de boas~ sobre o enredo, já que não é novidade pra ninguém, a não ser pra mim, né? haha

Resumindo (muito bem resumido), em uma viagem de trem à Londres, durante uma parada por causa de uma nevasca, o corpo de um dos passageiros é encontrado com 12 facadas e cabe ao detetive Hercule Poirot solucionar o crime antes da polícia iugoslava.

O que mais me espantou (aka: me deixou “de cara”) foi o fato de o livro ter “apenas” (digo apenas por que, para um leitor acostumado com livros de mais de 300 páginas, esse pode ser considerado pequeno) 200 páginas e tantas ideias borbulhantes e reviravoltas.

Posso dizer que cheguei a suspeitar de cada um dos viajantes do Expresso do Oriente. Pra depois, claro, pensar: “que idiota, claro que não!”.

Fiquei sem comer, sem dormir (de domingo pra segunda dormi 3h, valeu, Agatha!), sem sair! Haha. Gente, sério. O negócio é incrível, tenso, e você NÃO PODE PARAR! ~não para, não para, não para, não!~

Eu, muito ligeira, sagaz e espertona, tinha certeza – ou uma boa aposta – sobre como terminaria o livro.

E olha, posso dizer: NÃO TEM NADA A VER COM O QUE EU PENSEI.

RISOS.

Resenha: Assassinato no Expresso do Oriente - Agatha Christie

FOTO: Melissa Marques / Resenhas à la Carte

Ou tem. Até tem. Mas o fim você só vai descobrir lendo.

No decorrer do livro, como a maioria dos suspenses policiais, a autora lança diversas dicas, mas que você só acaba percebendo quando chega na última página.

Resumindo, Agatha, fofa… Você merece totalmente o título. Você é linda, rainha, querida, lacradora, diva e muito mais. Te considero pakas.

Valeu, flws.

PS: Senti falta de uma notinha de rodapé traduzindo algumas frases em francês.

PS²: Li várias resenhas apontando o livro como um dos melhores da Agatha, então, se você ainda não leu, vale a pena tirar umas horinhas para se dedicar ao crime 😉 #tôprocrime

Resenha: Assassinato no Expresso do Oriente - Agatha Christie

FOTO: Melissa Marques / Resenhas à la Carte

Assassinato no expresso do oriente - Agatha ChristieTítulo original: Murder on the Orient Express
Autor: Agatha Christie
Editora: Nova Fronteira
Número de páginas: 200
Ano: 2014
Gênero: Ficção / Policial
Nota1 estrela1 estrela1 estrela1 estrela1 estrela


Escrito por:

Melissa Marques



Comentários via Facebook

2 Comentários

  • carlasmqueiroz@gmail.com'
    Carla Queiroz 31 / 07 / 2017

    Boa noite!!!
    Eu já li muitos livros dessa autora.
    Curto muito os livros onde ela usa como detetive Miss Marple que, eu imagino e -acredito que a maioria dos leitores- também devem imaginá-la como aquela velhinha do interior, que muitos não prestariam muita atenção.
    A maioria dos detetves dos livros dela chegam acha-la meio ”caduca”, mas quando a ” velhinha ” abre a boca… que lição de ineligencia e sabedoria eles recebem…
    É sempre um show!!!
    Ufa!!!

    Responder

    • Melissa Marques 22 / 08 / 2017

      Miss Marple é, realmente, impagável! Hahaha 🙂
      Obrigada pela sua visita e comentário, Carla!
      Abraços,

      Responder


Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *